English Portuguese Spanish Rua James Stolz, 203 - São Paulo - SP 11 2100-2222

Empresa

O primeiro automóvel que chegou no Brasil foi importado por Santos Dumont, em 1891. Setenta anos depois, em 1961, o Brasil já contava com uma frota de 321.150 carros e foi exatamente nesse mesmo ano que a Granero Limpadores de Para-Brisas foi fundada, em um pequeno galpão de aproximadamente 80m², com o auxílio de 6 colaboradores. O tempo foi passando e a Granero, juntamente de sua equipe, com muito trabalho, persistência e determinação galgaram um caminho de crescimento e prosperidade, ganhando o respeito e a confiança de seus clientes.

Hoje, com 58 anos de existência, conta com um parque fabril de quase 5.000m² e tem capacidade de produzir a melhor e maior linha de sistemas de limpadores de para-brisa, nos segmentos de automóveis, ônibus, caminhões, máquinas pesadas, agrícolas e na área náutica.

Além disso, buscamos também atingir estes objetivos investindo em nossa equipe de profissionais, ajudando-os a se superarem, evoluírem e prosperarem, para que possam ter orgulho de dizer que fazem parte dessa magnífica família que é a Granero.

Temos total capacidade de produção, pois 95% dos itens que compõem nossos produtos, são feitos em nossa própria fábrica. Além disso, desenvolvemos qualquer tipo de projeto que o cliente venha a desejar.

Todos passam por uma análise de qualidade, para que estejam em nível de satisfação e trazendo segurança, durabilidade, qualidade e performance.

Empresa
Empresa

Missão

Desenvolver e ofertar produtos para o setor automotivo, gerando valor e criando uma relação de fidelidade com nossos clientes, sempre priorizando a qualidade e a segurança dos nossos produtos.

Visão

Ser uma empresa de relevante importância no setor automotivo, tanto no mercado nacional, como no internacional. Permanecer como a maior fabricante de sistemas para limpadores de para-brisa, transmitindo confiança e segurança com os nossos produtos.

Valor

Respeito, simplicidade, comprometimento, integridade, flexibilidade, organização, inovação, comunicação